Blog

Como diminuir o valor da conta de energia?

Como diminuir o valor da conta de energia? Saiba quais as principais dicas para evitar hábitos de consumo que influenciam de forma considerável no valor final de sua conta.

O setor de energia elétrica passa por diferentes flutuações em seu preço. Ultimamente, muitos clientes têm entrado em contato com as distribuidoras para contestar o valor da conta de energia, mas o que pode ser feito a princípio é verificar seus hábitos de consumo para identificar mudanças necessárias que podem baixar ainda mais o valor.

Confira também: Fontes de energia renovável – O que você precisa saber?

Como diminuir o valor da conta de energia

Mesmo que empresas como a Enel disponibilize o número de telefone Enel São Paulo, SAC e agência virtual para atendimento ao cliente, uma das maneiras de diminuir o valor é melhorando os seus hábitos de consumo.

Confira a seguir quais as principais dicas de como diminuir o valor da conta de energia:

1) Aproveite ao máximo a luz natural

Aproveitar as horas de sol com as cortinas e persianas abertas é um método eficaz para economizar, além disso, alternativa é substituir as lâmpadas incandescentes por LED que são mais eficientes e possuem maior durabilidade.

2) Regular o ar condicionado

O ar condicionado pode gastar entre 0,990 kWh e 3.000 kWh, até mais de 90% mais energia do que um ventilador. A temperatura ideal para uma casa é entre 24°C e 26°C, lembrando que a cada grau de queda de temperatura, o gasto de energia aumenta 8%.

Em vez de ter o ar condicionado ligado muito cedo, o ideal é aproveitar as primeiras horas do dia e da noite para abrir as janelas.

Por outro lado, é aconselhável escolher produtos que possuam um sistema inversor e verificar se possuem uma etiqueta de alta eficiência energética.

3) Reduza a potência

Produtos com menor KW, por consequência, consomem menos energia. Então ao adquirir um novo eletrônico ou eletrodoméstico para sua casa, opte por aqueles com potência mais baixa.

4) Prefira o ventilador

Apesar de o ar-condicionado ser muito frequente em ambientes, os mesmos consomem muito energia e são mais caros. Alterne o uso entre ele e o ventilador (consome menos energia).

5) Geladeira e chuveiro

A geladeira e o chuveiro estão entre os itens que consomem mais energia em uma residência. Ao tomar banho, certifique-se de usar o chuveiro quente ou morno somente em dias mais frios, deixando o desligado nos dias mais quentes do ano.

Em relação a geladeira, evite colocar alimentos quentes na mesma, espere-os esfriar, pois evita que o eletrodoméstico se sobrecarregue para esfriar e gelar o alimento.

Além disso, evite deixar a porta da mesma aberta por muito tempo, ou, abri-la com frequência. Antes de abrir a geladeira, tenha em mente todos os alimentos que precisa retirar ou guardar logo, a fim de evitar que fique muito tempo com as portas abertas.

6) Aparelhos conectados à tomada

Deixar aparelhos conectados à tomada quando não estão sendo usados é um erro de consumo básico, mas que pode influenciar no alto valor da conta de energia. Aparelhos como notebook e celulares, depois de carregados 100%, se continuarem na tomada, continuam recebendo carga.

O ideal é que deixe o maior número de aparelhos desconectados possível, seja uma televisão, videogame, rádios, etc. O mesmo serve para desligar as luzes de um cômodo sempre que não estiver usando.

Ao adotar esses hábitos básicos de consumo, com certeza, será possível diminuir a conta de energia.