Negócios e Política

Como determinamos a nossa situação econômica?

Mais do que com apenas trabalho, temos o poder de criar a nossa realidade, seja ela qual for

Nascer, crescer, trabalhar, trabalhar, trabalhar, trabalhar, reproduzir e morrer. Essa é a realidade de milhões de pessoas pelo mundo todo. Além de nos imbuir de relacionamentos e experiências diversas, acreditamos que, com muito trabalho, podemos conquistar tudo aquilo que queremos. Depositamos no nosso emprego toda a possibilidade de ganho de dinheiro e, logo, de felicidade e, quando isso não ocorre, nos frustramos.

Isso ocorre porque, o dinheiro não é gerado simplesmente pelo ato do trabalho. Sair de casa, bater o ponto e voltar não é o que trará prosperidade financeira para a sua vida. Vemos isso diariamente na vida de milhões de pessoas que, mesmo empregadas, sofrem com a falta de dinheiro. De acordo com o assessor de autoconhecimento ,criador da Autosofia, João Gonsalves, “o dinheiro é energia. Por isso, ele é atraído por aqueles que o desejam” e se sentem merecedores de tê-lo.

Aí você pensa “ah, mas todos querem dinheiro. Eu mesmo quero muito e não tenho”. Bom, mas a situação é um pouco mais complexa.

Vivemos, constantemente, em um estado de busca por uma boa situação financeira mas (basta perceber) não acredita no sucesso dessa procura. Em outras palavras, mesmo ao levar uma rotina diária de trabalho e ter a ambição de ter uma casa melhor, um carro do ano e poder dar aos filhos uma melhor qualidade de vida, não sabemos como realizar o nosso desejo. Ele é ilusório, como se fosse uma fantasia. “Cogitamos a riqueza financeira de forma tão banal e desacreditada que, de fato, ela não ocorre”, explica o especialista.

O autor do livro “Quem é você? Eu te ajudo a se lembrar”, conta, nas páginas do enredo, que em 1997 sofria de uma crise financeira. “Devia mais de 100 mil reais em decorrência do afundamento do barco que levava as mercadorias da sua empresa no Amazonas,Por isso, comecei a ler livros e outros ensinamentos sobre a criação da nossa realidade”, explica. O autor conta que, apesar de existirem diversos ensinamentos sobre caminhos para se viver uma boa vida, todos eles, mesmo que com palavras diferentes, levam a mesma conclusão: precisamos declarar aquilo que queremos.

Crer fielmente em alguma coisa, inevitavelmente (para o bem ou mal), torna-a real. Assim, crer no que se deseja como se o seu querer já tivesse acontecido e confiar que nossa vontade já está sendo atendida é o que trará aquela realidade para a sua vida.

Por isso, João explica que é necessário, além de pensar e mentalizar o seu desejo, torná-lo material. “Escreva afirmações no presente de como você deseja que esteja a sua situação econômica; descreva exatamente o que quer que aconteça e use todos os meios de visualizar isso; Encha seus olhos de imagens que tragam a lembrança e que você já está vivendo o seu desejo”, coloca o autor nas páginas do capítulo “Como criamos a nossa situação econômica”.

“Precisamos compreender que o dinheiro é uma consciência que responde à nossa intenção e desejo”, finaliza o especialista.

Serviço: João Gonsalves

Terapeuta e Assessor de Autoconhecimento

Fone: (11) 98203-1215

E-mail: joaodedeusjd@uol.com.br

Site: www.joaogonsalves.com.br

Endereço: Estrada Manoel Lages do Chão, 1335 – Cotia – São Paulo

Av. Nilton Lins 1061, Condomínio Residencial Portugal, casa 37. Manaus/AM

Sobre Houserio Portal de Notícias

Conteúdos publicados por Houserio Portal de Notícias